xxxx

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Dia Nacional da Consciência Negra-20/11

Preservar a memória é uma das formas de construir a história. É pela disputa dessa memória, dessa história, que nos últimos 32 anos se comemora no dia 20 de novembro, o "Dia Nacional da Consciência Negra". Nessa data, em 1695, foi assassinado Zumbi, um dos últimos líderes do Quilombo dos Palmares, que se transformou em um grande ícone da resistência negra ao escravismo e da luta pela liberdade.
O escravismo é a pior imposição feita a um ser humano,seja ele de qualquer cor ou raça.Na minha opinião, os negros depois de terem sidos libertados foram "soltos" na sociedade, sem eira nem beira, tendo que competir com brancos vindos da Europa para o trabalho na lavoura.
Disso resultou as diferenças sociais, pois o branco além de não sofrer preconceito por causa da cor, ainda tinha uma educação mais privilegiada, visto que a maioria deles já vinha alfabetizado de suas terras de origem.
Embora já libertos, os negros que se empenhavam em melhorar seu status, ainda eram vistos como escravos e seres inferiores pelo ex-escravagistas.
Depois de mais de cento e vinte anos da libertação dos escravos, ainda se encontra uma maioria negra e parda no submundo da sociedade brasileira justamente pelo fato da discriminação imposta a raça negra pós escravatura.
Eu sou contra a comemoração do dia da mulher,pois acho isso uma de discriminação,se ela tem um dia especifico, quer dizer que o resto ano não é dela , certo?Mas no caso do Dia nacional da Consciência Negra, devo admitir que é uma data que serve para reflexão à respeito de nossa história e das injustiças cometidas nas gerações passadas.
Haverá o dia em que não se comemorará dia especial de ninguém!Seremos todos apenas humanos, independente de raça, religião,profissão,cor da pele, sexo ou qualquer cultura.Talvez demore séculos para isso aconteça, mas ,se eu não acreditasse nisto, não teria mais no que acreditar!
19/11/2008 - Wanda Wenceslau

5 comentários:

  1. "Como todo mundo,eu gostaria de viver uma longa vida. A longevidade tem sua importância. Mas não estou preocupado com isso agora. Só quero cumprir a vontade de Deus. E ele me permitiu subir a montanha. E eu vi lá de cima e enxerguei a terra prometida. Posso não cheger lá com vocês. Mas quero que saibam que nós, como um povo, chegaremos à terra prometida."
    Martin Luther King, pronunciou essas palavras no dia 3/4/1968, um dia antes de ser assasinado em Menphis no Tenessee.
    A eleição de Obama, hoje, quarenta anos depois, evidencia que apesar de tudo, continuamos caminhando e estamos chegando perto da terra prometida!

    ResponderExcluir
  2. Iara disse...........
    Qualquer que seja a cor,que veste o nosso corpo,nada representa para Deus.Ele nos conhece o fundo.E o minímo que o ser humano pode fazer,na sua passagem pela vida é respeitar o outro,como gostaria de ser respeitado.Só assim poderia se denominar, uma pessoa com dignidade!

    ResponderExcluir
  3. eu odeio preconceito..

    ResponderExcluir
  4. Bruna Luiza Kronbauer Reis21 de novembro de 2009 13:55

    Bom acho que, somos iguais diante de todos e de Deus. Preconceito é uma coisa muito feia, que todos ptraticamos, mas deriamos não praticar porque não interesa a raça que somos o que interesa é que devemos ser amigos uns dos outros!

    ResponderExcluir